Pesquise nesse blog:

Musical - Mozart l'opera rock

Aproveitando o momento lírico deste blog, com a postagem do Nessun Dorma, vou postar uma ópera fantástica que mistura os instrumentos de cordas de câmara e instrumentos elétricos, fazendo um som magnífico.
Gosto da mistura dos instrumentos como violinos, violão celos e pianos com guitarras, baterias e baixos eléticos. Acho que as músicas ficam com mais vida e entusiásticas.
Mas bem, falarei da ópera em sí - lá, sol, fá, mi, ré, dó - . Ainda sendo exibida na França - quem puder dar um pulinho lá pra assistir, fação isso! - a Mozart l'opera rock conta a história do músico e compositor austríaco Wolfgang Amadeus Mozart. Mozart foi um prodígio, tocava cravo, violino e piano desde pequeno e com uma perfeição extraordinária. Muito - ou quase tudo - disso se deve ao pai Leopold Mozart que também era músico e vendo o dom do filho, aposta todas suas fichas no garoto.
A ópera começa quando Amadeus Mozart já tem seus 20 anos e embora tenha tocado já em vários países ainda não tem um lugar de destaque na música, como ele desejava.
Querendo reconhecimento Mozart decide fazer mais uma turne, porém desta vez seu pai não pode mais acompanha-lo, já que o novo chefe não permite as ausências prolongadas que as viajens proporcionavam. Mozart vai com sua mãe para está nova empreitada em busca de fama e dinheiro.
Nesse período de novas descobertas e grandes perdas, é que a ópera se desenvolve, mostrando a frustração do artista e a vida pessoal de Amadeus.

Ficha técnica:
Mikelangelo Loconte - Wolfgang Amadeus Mozart
Florent Mothe - Antonio Salieri
Solal - Leopold Mozart
Maeva Méline - Narnnel Mozart
Diane Dassigny - Constance Weber
Mélissa Mars - Aloysia Weber
Merwan Rim - O Alberguista

Produtores:
Dove Attia

Albert Cohen

Criação:
Olivier Dahan
Dan Stewart

Site Oficial: http://www.mozartloperarock.fr/



Nessun Dorma by Manowar

Sensacional versão do Manowar de uma das mais emocionantes canções italianas que já compuseram : ''Nessun Dorma'' (Ninguém durma", em italiano é uma ária do último ato da ópera Turandot, de Giacomo Puccini. A ária refere a proclamação da princesa Turandot, determinando que ninguém deve dormir: todos passarão a noite tentando descobrir o nome do príncipe desconhecido, Calàf, que aceitou o desafio. Caláf canta, certo de que o esforço deles será em vão).

Esta canção ( ária ) já foi cantada por milhares de intérpretes de variados estilos, com certeza umas mais brilhantes do que outras, mas sempre interpretadas com emoção, não tem como ficar imune a força desta ária inesquecível, uma obra de arte em forma de canção.
Emocionem-se com Nessum Dorma cantada por Eric Adams (Manowar), porque música clássica é o berço do heavy metal com certeza \,,/


P.s : para quem se habilita posto a letra para os senhores leitores, pretensiosamente tentarem cantar, verifiquem se não há ninguém por perto e mandem ver, eu e meu grande amigo kryptoniano ???!!! ( Paulo Kon-el ) ensairemos também, para quem sabe um dia postarmos, acaso fique boa (audível) a versão (duvido muito, mas será engraçado pracas). Sem mais delongas, parem de ler isto e cantem porraaaaaaaa !!!e emocionem - se, obvious !!!!!!!
Boa Sorte !!!!!!!!


Nessun dorma! Nessun dorma! Tu pure, o Principessa,
nella tua fredda stanza
guardi le stelle
che tremano d'amore e di speranza...

Ma il mio mistero è chiuso in me,
il nome mio nessun saprà!
No, no, sulla tua bocca lo dirò,
quando la luce splenderà!

Ed il mio bacio scioglierà il silenzio
che ti fa mia.

Il nome suo nessun saprà...
E noi dovrem, ahimè, morir, morir!

Dilegua, o notte! Tramontate, stelle!
Tramontate, stelle! All'alba vincerò!
Vincerò! Vincerò!



(APLAUSOS, ASSOVIOS, HISTERIA EM GERAL ....)

Curtas - A Lenda do Espantalho

"A vida de um espantalho muda quando ele resolve fazer amizade com os pássaros"
O curta do espanhol Carlos Lascano, responsável pela criação e concepção dos personagens e cenários,
foi aclamado internacionalmente, recebendo diversos prêmios desde a sua estréia (incluindo uma seleção prévia para o Oscar).
A história de um espantalho solitário que só queria ter amigos, foi feita misturando fundos 2D com modelagem 3D em um ambiente 3D falso.
Um belíssimo trabalho, confiram.


The Legend of the Scarecrow from Carlos Lascano on Vimeo.
 


Web : http://www.carloslascano.com/carloslascano/espanta_making.html


HEART ATTACK GRILL - Uma Orgia Alimentícia.

Esses dias eu e meu amigo Daniel (glutões de carteirinha), estávamos discutindo sobre os inúmeros Lanches (carrinhos de cachorro-quente, hot-dogs, cachorrão, etc, etc) que estão espalhados por toda nossa belíssima Cidade Canção, nas quais somos assíduos frequentadores. De repente não me lembro ao certo quem !!!??? (AlzheimerMan) nos falou que nos EUA, existe uma lanchonete que só serve comida de alto teor calórico, mas elas não se lembravam do nome, falaram que era algo como ''Infarto''.
Fiquei curioso e fui pesquisar, e não é que o dito lugar existe, e meus olhos neste momento brilharam de emoção, que idéia SENSACIONALLLLL :
O HEART ATTACK GRILL é uma lanchonete/restaurante localizada em Chandler - Arizona - EUA.
A lanchonete já causou polêmica por servir os itens do menu com alto teor calórico com nomes deliberadamente provocativos. O lugar é digamos um hospital restaurante temático, com garçonetes ("enfermeiras"), pedidos ("receitas") e os clientes ("pacientes") que antes de se empanturrarem são examinados por um ''doutor'' com direito até a estetoscópio.
O Heart Attack Grill foi fundada em 2005 pelo "Dr." Jon Basso com a intenção declarada de servir "pornografia nutricional" . A idéia veio quando ele escreveu uma tese inspirada em histórias sobre suas clientes traindo suas dietas.
O menu inclui "Single", "Double", "Triple", e "Quadruple Bypass, que sao sanduíches com hambúrgeres de carne que variam de 0,23 a 0,91 Kg de carne (cerca de 8000 calorias), sem falar nas fritas que são feitas em banha pura !!!!!!!!! Os clientes (pacientes) com peso acima de 160 Kg em média comem de graça, nao incluso refrigerantes e afins.
Um dos chamarizes do restaurante é uma recompensa inusitada : os clientes que terminarem um triplo ou Quadruple Bypass Burger, tem como prêmio, ser levado de cadeira de rodas até seu carro por uma "enfermeira pessoal".
Logicamente uma lanchonete com este nível de ''pornografia nutricional'', é alvo de críticas por muitos, exemplo : queixas de sindicatos da área da saúde etc (médicos , enfermeiras) ...e provavelmente muitos processos jurídicos.
Mas que a idéia do ''Dr'' Jon Basso é totalmente sensacional, isto ninguém pode negar.
Cabe a própria pessoa julgar o que é certo ou errado, como em todas as coisas que acontecem nesta vida.
Uma coisa é certa, não existe hipocrisia no lugar, pois é explicitadamente exposto todos os riscos de saúde que você futuramente poderá ter.
Se estiver passeando pelo estado do Arizona, mais precisamente em Chandler, lá no número 6185 da West Chandler Boulevard, dê uma passada por lá . Curtir ou não curtir este prazer, você decide, experimente antes que morra, bom apetite crianças !!!!!!!!!!
\,,/






STEVEN SEAGAL ... BLUESMAN ???

Caros leitores, quem não conhece aquele cara durão, cara fechada, ( diga-se ''sem expressão'' ), com seu famoso '' rabo de cavalo'' e distribuindo porrada em todo mundo. Sim estou falando dele, o mestre (Aikidô) da pancadaria Steven Seagal.
O cara é ator, produtor cinematográfico, escritor, diretor, mestre de artes marciais e ativista. Como se isto já não bastasse o homem ainda dá uma de músico nas horas vagas.
Steven começou a tocar guitarra com 12 anos, e se intitula bluesman com influências dos grandes mestres : Muddy Waters, BB King, Bo Diddley, Lockwood Robert Jr, Ko Ko Taylor, James Cotton, Willie "Pine Top" Perkins e Hubert Sumlin.
Sua discografia conta com dois álbuns, sendo eles “Songs From The Crystal Cave” (2005) e “Mojo Priest” (2006), e logicamente não se contentou em somente tocar guitarra, fazendo questão de atacar nos vocais também.
Eu particularmente como fã de blues, confesso que não me empolguei ouvindo seu som, prefiro ele dando porrada e fazendo cara de mal. Mesmo assim ouvi algumas canções mais por curiosidade mesmo.
Como guitarrista o sr Steven também não me convenceu, pois não consegui visualizar um bluesman nele, talvez um admirador do estilo, isto sim. Achei ele desajeitado com o instrumento, não demonstrando muita afinidade nem feeling com o mesmo, obviamente eu não falaria isto para ele cara a cara !!!!!!!
Enfim quem quiser dar uma sacada no som do rapaz, fica aí a dica :




Fonte : http://www.stevenseagal.com/music.html

P.s - Seagal é faixa preta 7º Dan de Aikido, tendo estudado a arte no Japão, sendo o ocidental a concretizar um recorde no guiness do aikido "O maior lutador da historia do ocidente". Além de mestre em Aikido, é faixa preta em Judô, Karatê, Kendo e Hapkido. Também é delegado em Jefferson Parish, no estado da Louisiana, EUA. Além de trabalhar ao lado da SWAT como professor, ensinando oficiais a usar armas de fogo e técnicas de combate corpo-a-corpo. É mestre e treinador do atual campeão do UFC Anderson "Spider" Silva.
Ou seja, se for em algum show do homem, seja legal e aplauda com entusiasmo, e se eu não postar mais nada no blog saberão o que aconteceu ....espero que ele não leia isto !!!!!!!!!!!

Filme - Faroeste Caboclo

Robaram nossa ideia!
Outro dia mesmo eu tava falando com o Jeffão sobre isso.
Comentavamos que, pra mim, Faroeste Caboclo é uma obra prima. Uma música que narra um história inteira, - com começo, meio e fim - tem 9 min - quase 10min - de duração e incrivelmente não repete a letra em nenhum ponto, só pode ser um obra prima.
Era espantoso que ninguém tivesse tido a idéia de fazer um filme - atualmente tudo é tema de filme, porque não algo que de fato vale a pena - com a música como tema. E nem precisava se preocupar com roteiro, já que a música conta toda a história. Trilha sonora também não é problema.
E não é que o diretor René Sampaio nos ouviu. Neste mês de Março começou as gravações de Faroeste Caboclo, com o ator Fabrício Boliveira como João do Santo Cristo, Isis Valverde como Maria Lúcia e Felipe Abib como Jeremias. O filme vai ser gravado em Brasília e foi adaptado por Paulo Lins, autor de Cidade de Deus.
Espero de coração que o filme seja tão bom quanto a música.
Por favor não me vão estragar Legião Urbana!

The Pop Festival

Enfim The Pop Festival passou por aqui.
Nessa semana aconteceu em Porto Alegre e São Paulo o evente realizado por Shakira, que foi a principal atração.
Como sempre a cantora arrasou na performance. Alternando entre o rock do início de sua carreira e das músicas mais e digitalizadas dos tempos atuais.
Com seu jeito único, a cantora colombiana encantou a todos os presentes e levou seus fãs a loucura. Shakira mostrou a que veio e voltará, pois o show de Brasília foi adiado para o dia 24 devido ao mau tempo. Acalmem-se brasilienses, vocês não perderam o show, é só esperar mais 1 pouquinho, porque vale a pena.
A próxima parada do festival é na Bolivia, em Santa Cruz de la Sierra.

One Man Band

Sensacional este curta da Pixar, confiram !!!!!!!!!!

O Eterno Zaca !!!!!!!!

Mauro Faccio Gonçalves (Sete Lagoas, 18 de janeiro de 1933Rio de Janeiro, 18 de março de 1990), mais conhecido como o personagem ZACARIAS foi um ator, comediante, humorista e locutor de rádio.
Ficou conhecido do grande público e ganhou notoriedade pelo seu trabalho no grupo humorístico Os Trapalhões.
Mauro nasceu em uma família humilde com onze irmãos.Nascido em Sete Lagoas, cidade do interior de Minas Gerais. Antes de se tornar famoso, foi vendedor de sapatos e trabalhou em uma fábrica de café, onde seu pai já trabalhava.
Mauro estudou no Colegio Diocesano Dom Silvério de Sete Lagoas. Começou a carreira no rádio em 1955, na Rádio Cultura de Sete Lagoas, num programa humorístico chamado Em Babozal Era Assim. No ano seguinte, formou-se técnico em contabilidade pela Escola Técnica de Comércio de Sete Lagoas. Através do humor, logo tornou-se conhecido pela habilidade de trocar de vozes, criando vários tipos completamente diferentes, e de imitar animais com rara perfeição.
Mudou-se para Belo Horizonte em 1957, onde tentou estudar Arquitetura, trabalhando ao mesmo tempo como bancário. Porém, dificuldades financeiras o impediram de iniciar o curso. Na capital mineira, Mauro trabalhou na Rádio Inconfidência, fazendo três programas, sendo que o que mais o marcou como comediante foi Arte Final. Logo veio o reconhecimento: foi considerado o melhor comediante do rádio de 1960 a 1963. Ainda em Belo Horizonte, fez sua estreia na televisão, na TV Itacolomi, no programa Tribunal de Calouros.
Em 1963, recebeu uma proposta para trabalhar na TV Excelsior do Rio de Janeiro, a convite de Wilton Franco. Apesar da timidez - que inicialmente o impedia de trabalhar na televisão - Mauro estreou em um programa de calouros, onde criou cinco personagens, incluindo o Garçom Moranguinho, fazendo grande sucesso inspirado num garçom da terra natal dele. Mais tarde, foi para a Rede Record, para fazer parte do elenco de A Praça da Alegria e Os Insociáveis.
Sua participação no programa fez com que Renato Aragão o convidasse para ser efetivado no grupo de "Os Trapalhões". Mauro foi o último a integrar o grupo, do qual já faziam parte Didi, Dedé e Mussum, completando assim a formação do quarteto em 1976.
Além do personagem Zacarias, Mauro Gonçalves também era a voz que interagia com o personagem Aparício, interpretado por Renato Aragão, e fez um filme com Roberto Machado, intitulado Deu A Louca Nas Mulheres. Em 1970, foi premiado pela sua interpretação na peça "A Dama do Camarote". Permaneceu no grupo de "Os Trapalhões" até 1990, ano em que faleceu. Seu último filme foi Uma Escola Atrapalhada.
Zacarias era caracterizado pelo jeito infantil e ligeiramente afeminado (embora sem conotação homossexual), pela peruca (Mauro Gonçalves era calvo) e pela risada característica. Mauro dizia que "Zacarias" era o nome de um galo que ele tinha na infância, e desde pequeno o chamavam assim.
Seu personagem foi o mais caricato de todos, marcado por seu dentes saltados e sua risada inconfundível, e pelo constante assédio à sua peruca (sempre alguém ou algo roubava sua peruca, ele desesperadamente se esforçava para recuperá-la em meio a gritos e lamúrias).
Devido a ação judicial movida pela familia do humorista relativa a direitos autorais, o personagem criado por Gonçalves teve seu nome alterado para "Zacaria" na série de quadrinhos editada pela Editora Abril.

 Zacarias faleceu em 18 de março de 1990, aos 57 anos. Embora a família do ator tivesse omitido a razão de sua morte, o boletim médico liberado para a imprensa pela Clínica São Vicente, localizada na Gávea, no Rio de Janeiro diz que o ator teve insuficiência respiratória em consequência de uma infecção pulmonar, muitos rumores dizem que foi devido ao enfraquecimento de seu sistema imunológico devido a dietas e a boatos não confirmados sobre ele ter tido Aids. De lá, seu corpo foi embalsamado e levado para Sete Lagoas, onde foi sepultado. Seu falecimento chocou muitas crianças, já que na época ele estava em plena atividade. Sem falar em seus dois companheiros Renato Aragão e Dedé Santana, que compareceram ao velório emocionadíssimos. Renato declarou que seu filho caçula havia morrido e que Zacarias nunca havia crescido, pois o considerava como um menino, emocionado e chorando aos prantos, no caixão. Mussum não pôde comparecer por estar fora da cidade num dia triste.
Após o seu falecimento, em um processo movido em 1998, os familiares do humorista reivindicam uma indenização à Rede Globo referente ao pagamento dos direitos autorais do artista pelas retransmissões do programa Os Trapalhões, entre 1989 e 1998. O processo ainda não terminou.
 Fica aqui uma pequena homenagem para este grande artista que nos fez dar boas gargalhadas em nossa infância, que ficarão para sempre guardados em nossa memória.


Música - Dulce María

A cantora me ganhou pela simpatía.
Quando comecei a acompanhar Mujeres Asesinas 3, o episódio mais aguardado da temporada era "Eliana, Cuñada", protagonizado por Dulce María.
O episódio estava sendo muito aguardado e já gerando polêmica antes mesmo da exibição, por se tratar de um tema forte.
Comecei a me interar um pouco mais da vida artística da atriz e cantora devido a repercução do episódio e aos fãs da cantora que são fiéis e a seguem incondicionalmente.
Acompanhando as entrevistas em que ela falava do trabalho em Mujeres Asesinas e do novo cd que estava para lançar, a atriz e cantora mexicana sempre se mostrou simpática, as vezes confusa, mas sempre simpática.
A devoção dos fãs por Dulce María começou quando a conheceram na novela Rebelde, exibida pelo SBT. Da novela seguiu com o grupo RBD, que também teve muito êxito aqui.
O grupo durou 5 anos e se separou em 2008, deixando os fãs orfãos, mas não desconsolado, já que cada membro do grupo continuou atuando e cantando.
Dulce protagonizou uma novela e depois se dedicou na integra ao seu disco, ficou 1 ano em estúdio.
O disco saiu, se chama Extranjera e está atingindo o topo de várias listas de venda. Para o Brasil e Portugal a cantora gravou 2 temas em português.
Também para felicidade dos fãs a cantora marcou show por aqui.
24/05 - Brasília
25/05 - Fortaleza
26/05 - Recife
28/05 - Porto Alegre
29/05 - Rio de Janeiro
30/05 - São Paulo
Recentemente, alguns fãs reclamaram dos valores dos ingressos e fizeram isso para a própria cantora via twitter. O que gerou uma certa polêmica, já que alguns fãs foram efusivos. A cantora respondeu que não tem controle sobre isso, mas que intende o questionamento dos fãs.
Com baladas românticas e músicas dançantes o cd Extranjera ficou eclético. As músicas possuem letras que passam mensagens, o que é raro hoje em dia. Eu gostei! Fiquei fã.



Star Wars The Old Republic

Curtam o sensacional vídeo de Star Wars The Old Republic, com mais de 5 minutos de ação incluindo Sith versus Jedis, do MMO mais aguardado da história, segundo a Electronic Arts, Star Wars The Old Republic só deve chegar a partir do início de Junho, e no máximo, até ao fim do ano.
''Dissemos que ia ser lançado até ao fim deste ano, mas não dentro do ano fiscal 2011. Por isso quer dizer que é algures entre o 1 de Abril e 31 de Dezembro. É também certo dizer que não vai ser no primeiro quarto do ano fiscal, por isso, feitas as contas, não é difícil de prever que não vai sair nesses noventa dias.": disse Eric Brown,  responsável pelas operações da Electronic Arts.



Fonte: http://ez.mygames.pt/pc/rpg/star-wars-the-old-republic/noticia/star-wars-the-old-republic-so-depois-de-junho-14200/
Site Oficial : http://www.swtor.com/

Rock in Rio

Galera, o Rock in Rio ta aí!
Falta apenas 6 meses para o maior festival de música do planeta!
E hoje foi confirmando as atrações de mais um dia.
Abaixo segue as atrações do evento por completo.
Os cantores e bandas confirmadas são:

23/09 - Elton John, Rihanna, Katy Perry e Claudia Leitte.

24/09 - Red Hot Chilli Peppers, Snow Patrol, Capital Inicial, Stone Sour e Nx Zero.

25/09 - Metallica, Slipknot, Motörhead e Coheed e Cambria.
30/09 - Shakira, Lenny Kravitz, Ivete Sangalo, Jota Quest e Marcelo D2.

01/10 - Coldplay e Skank.

Trailer - Rio

Só vai estreiar em Abril, mas a cada trailer a minha vontade de ver o filme aumenta.
O filme Rio, feito pelos mesmos produtores de A era do gelo, postou um pouquinho mais do que ele vai apresentar nas telonas e pra mim é fantástico os gráficos, a música e tudo mais.
Estou aguardando anciosamente o filme.
E pra deixar todo mundo com um gostinho de quero mais, preste a atenção nessas imagens.



O compositor Sérgio Mendes, que já fez música com Black Eyed Peas foi 1 dos responsáveis pela trilha sonora de Rio



Os primeiros trailers estão em uma postagem mais antiga do blog, se quiser ver clique aqui.

Quadrinhos - Turma da Mônica

Quando era criança, foi a hq que eu mais li.
Embora eu já tenha comentado sobre histórias em quadrinhos por aqui, não falei sobre a Turma da Mônica porque pra mim ela foge um pouco do meu conceito de HQ. Não tem heróis com super poderes ou histórias surreais. Ela é simples, fala de uma turminha de bairro que juntos aprontam muitas travessuras. Mas não é devido a sua simplicidade que a revista deixa de ser interessante.
Toda criança brasileira, ao menos 1 vez na vida já leu Turma da Mônica. Uma personagem que foi inspirada na filha do autor Mauricio de Sousa.
Mônica não foi a primeira personagem da Turma. Na verdade o primeiro a aparecer foi Franginha e seu cachorro Bidu em 1958, quando Mauricio de Sousa ainda era jornalista.
Depois veio Cebolinha, então Mônica, Magali e Cascão.
Os personagens da Turma da Mônica são inspirados em pessoas reais, Mônica e Magali são filhas do autor, que segundo o mesmo disse que existiu um garoto seu amigo que trocava os "r" pelos "l", apenas Cascão não tem uma inspiração real.
A Turma da Mônica ganhou versões em outros idiomas e é comercializada em vários países.
Atualmente além da revista tradicional com a turma criança, há uma versão inspiradas nos traços de mangá, que tras a os personagens em sua adolecência. Turma da Mônica Jovem vem conquistando pessoas que como eu, leram as revistas em suas infâncias e depois perderam um pouco do interesse.
A Turma da Mônica Jovem já está em sua 32 edição e trata dos conflitos de relacionamentos e dramas da adolecência.

Master Yoda

Yoda é um personagem fictício no universo de Star Wars (Guerra nas Estrelas). Ele aparece em todos os filmes, exceto em Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança. Frank Oz, célebre criador dos Muppets, é o responsável pela sua voz. Possui apenas 66 centímetros, mas foi um sábio Mestre Jedi que liderou o Conselho Jedi por anos.Yoda foi um cenveriano e um dos mais célebres e mais poderoso dos Mestres Jedi de todos os tempos, conhecido pela sua enorme sabedoria, conhecedor profundo da Força e habilidades com o sabre de luz. Também foi um dos poucos Jedi da República Galáctica a sobreviver até a Guerra Civil Galáctica.
Para seus estudantes, o pequeno Yoda aparentava ser tanto como muito estrito ou como uma figura carinhosa, testando-os à extremos mentais e físicos em um momento e mostrando afeto no outro. Os estudantes também não gostavam dele no início, mas vinham a entender suas atitudes mais tarde.
Yoda era muito habilidoso com o sabre de luz.


Entre seus colegas do Conselho Jedi, ele era conhecido por fazer algumas travessuras e piadas. Para todos eles, ele era o humilde Yoda, que oferecia liderança instruída e sintetizava os ideais da Ordem Jedi; um mestre majestoso, ele era um sábio instrutor. Ele falava uma versão incomum do Básico, usualmente colacava os verbos (principalmente verbos auxiliares) após o objeto e do sujeito (um formato objeto-sujeito-verbo). Um exemplo de fala de Yoda: Quando novecentos anos você tem, boa aparência você não tem. Esse modo de falar também era mostrado por outros membros de sua espécie (ex: Yaddle), mas nem todos falavam dessa maneira (ex: Vandar Torake).
Quando velho, Yoda andava com a ajuda de uma bengala, embora ele fosse capaz de deixá-la de lado para se mover usando a Força. Uma de suas bengalas era presente dos Wookiees. Sua rara bengala gimer continha nutrientes que podiam sustentá-lo quando ele a mastigasse. Ele também usava uma cadeira flutuante para se mover mais rapidamente pelo Templo Jedi.
Outro ítem único para Mestre Yoda foi um blissl, um instrumento similar a uma flauta de pan, que ele deixava em volta de seu pescoço enquanto estava em Dagobah. Durante as Guerras Clônicas, ele também fez uso de um Kybuck dado a ele de presente por uma princesa de Woolwarrica em Kashyyyk.
A habilidade de Yoda de aparecer como um espírito após se tornar um com a Força foi aprendida com Qui-Gon Jinn.
  • Yoda é dublado por Frank Oz. Na Trilogia Original, ele foi feito como um Muppet (controlado por Oz). A aparência de Yoda foi originalmente criada pelo artista de maquiagem Stuart Freeborn, que baseou o rosto de Yoda em parte em seu próprio rosto e em parte no de Albert Einstein. Criado por computação gráfica em O Ataque dos Clones e A Vingança dos Sith, Yoda aparece de maneiras que não eram possíveis anteriormente, como em eleboradas sequências de luta. Nas dramatizações de rádio de O Império Contra-Ataca e O Retorno de Jedi, ele é dublado pelo ator de personagem veterano John Lithgow
  • Durante a filmagem de Star Wars Episódio II: Ataque dos Clones, o diretor George Lucas brincou com o ator Cristopher Lee quando botou dentes de vampiro em um boneco de Yoda durante a batalha de sabres de luz do final do filme. Isso foi uma referência à carreira de Lee como o famoso vampiro Drácula nos filmes Hammer Horror de 1960s-70s. O Yoda vampiro pode ser visto em uma cena nos documentários do DVD de Ataque dos Clones.
  • Existe uma certa incerteza quanto ao número preciso de dedos do pé de Yoda (pelo menos canonicamente), já que isso varia muito entre filmes, pois alguns o mostram com três, quatro, e até com cinco dedos nos pés.
  • A popularidade de Yoda é tanta que o músico comediante "Weird Al" Yankovic criou uma versão da música "Lola", de the Kinks, chamada "Yoda", que foi incluida no álbum Dare To Be Stupid (1985). Mais recentemente, the Great Luke Ski criou uma versão da música "YMCA", de Village People, chamada de "Y.O.D.A" incluida nos álbuns Fanboys'n Da Hood (1996) e Carpe Dementia (1999).
  • O produtor/diretor Mel Brooks retratou o personagem de Yoda em seu filme de 1987, Spaceballs. O personagem era um diminutivo ser chamado Yogurt que era especializado em manipular uma energia mágica chamada de Salsicha.
  • Yoda também tem uma pequena aparição no filme It's a Very Merry Muppet Christmas Movie, dublado por Eric Jacobson.
  • O nome Yoda é derivado de "Yodeah", o Sânscrito para a palavra "guerreiro". O nome também pode estar conectado com o Hebreu "Yodea", que significa "Ele sabe" ou "Aquele que sabe". Adicionalmente alguns acreditam que o nome pode ser uma referência as técnicas de Yoga, uma antiga atividade da mente, corpo, e espírito que influencia muitas artes marciais, como Tai Chi, e que certamente deve ter inspirado muitos conceitos e habilidades demonstrados por ambos os usuários do lado luminoso e do lado negro de Starwars                           
  • Yoda também aparece no vídeo musical Yoda hip hop, que pode ser acessado pelo DVD de A Vingança dos Sith quando você vai ao Menu de Opções, selecione o logo de THX, e aperte 11-espere a pausa e aperte 3-espere a pausa e finalmente    aperte8.                                                                                                                                                                           
  • Para trazer o time de animação devolta à forma por seu trabalho no Episódio III, Rob Coleman e seu time trocaram a marionete de Yoda do Episódio I pela versão digital do Episódio III como um teste para ver até onde eles poderiam ir nos termos de computação. Essa cena pode ser vista em DVD, quando você assiste o documentário "The Chosen One" do disco dois de A Vingança dos Sith. A cena ainda não foi lançada em uma versão em DVD de A Ameaça Fantasma.




                                 "Aliada minha é a Força. E poderosa aliada ela é."
                                                                                              Mestre Yoda 
Fonte: http://pt.starwars.wikia.com/wiki/Yoda

 

Steve Harris - O mestre das 4 cordas

Stephen Percy Harris (Londres, 12 de março de 1956), popularmente conhecido como Steve Harris, é um músico inglês. Steve é membro-fundador (juntamente com Dave Murray, guitarrista), baixista e principal compositor da banda de heavy metal Iron Maiden que surgiu em 1975.
Steve trabalhava como desenhista arquitetônico em Londres, mas desistiu do trabalho quando fundou o Iron Maiden. Durante o ano de 1970, foi um jovem jogador do West Ham United. Jogador excepcional, seus colegas de time dizem que, se não fosse baixista, definitivamente seguiria carreira como jogador profissional.
Como baixista autodidata, o primeiro baixo de Steve foi uma cópia de um Fender Precision, que lhe custou 40 Libras, aos 17 anos de idade. Hoje ele usa seu próprio Fender Precision Bass personalizado. Steve Harris foi influenciado por baixistas também excepcionais, como Chris Squire do Yes, Mike Rutheford do Genesis, Andy Fraser do Free, Martin Turner do Wishbone Ash, Geddy Lee do Rush, Geezer Butler do Black Sabbath e John Entwistle do The Who. Um de seus baixistas favoritos é Pete Way do UFO, que também influenciou seu estilo e performance de palco.
A primeira banda de Harris foi a banda "Influence", que foi mais tarde renomeada para Gypsy's Kiss. Porém, depois de sete apresentações, o grupo acabou e Harris decidiu se juntar a uma banda da região leste de Londres chamada Smiler. Nesta banda estavam o baterista Doug Sampson, o vocalista Dennis Wilcock e os guitarristas Mick e Tony Clee. Mick e Tony, oito anos mais velhos que Steve, eram os líderes da banda. Para Steve, foi experiência interessante, mas relativamente bem curta. A banda chegou a fazer uma versão de Innocent Exile, mas recusaram-se a tocar a primeira composição de Harris ("Burning Ambition"), com a justificativa de que ela mudava muitas vezes a fórmula de compasso (mudanças de andamento).
Frustrado, Harris saiu da Smiler e resolveu buscar novos músicos para uma banda nova, o Iron Maiden. A intenção do nome foi provocar Margaret Thatcher, ex-primeira-ministra inglesa, conhecida como Dama de Ferro (Iron Maiden) pelo regime forte e repreendedor que caracterizou a passagem dela pelo poder político da Inglaterra. Menções à sua imagem foram feitas em coverarts do Iron Maiden(vide Women In Uniform). Steve Harris é considerado um dos melhores baixistas da história. Ele tem seu nome presente em praticamente todas as composições de sua banda. A frabricante de instrumentos musicais Fender homenageou Steve com o lançamento de um modelo de baixo com o seu nome.

Harris também é pai de Lauren Harris, uma cantora de pop/rock, que fez a abertura de todos os shows da turne Somewhere Back in Time. Fez passagens pelo Brasil em cidades como Manaus, Brasília (em Março de 2009), Curitiba, Porto Alegre, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Recife e São Paulo. Steve Harris é também proprietário do Eddie`s Bar em Santa Bárbara de Nexe, Algarve, Portugal, onde também tem uma casa, que é um autêntico santuário para os fãs de Steve e do Iron Maiden, com diversos objetos da Banda e sempre com o bom Heavy Metal!!
Em 2010 lançou mais um álbum junto ao Maiden, o Final Frontier.

Parabéns para um dos melhores baixistas do universo , Steve Harris !!!!!!!!!!!!



I need Hiro !!!!!!!!!


Marvel Poppins

SuperHeroesOwnedByMarvelNowAreOwnedByDisney
....

Battlestar Rhapsody

Battlestar Rhapsody
A parody of "Bohemian Rhapsody" by Queen, 
about the sci-fi TV series "Battlestar Galactica" (2003).
Parody lyrics by the great Luke Ski
© 2008 Luke Sienkowski





Is this the real life,
Living on Caprica.
We're protected by
The Battlestar Galactica.
To our surprise,
Look up to the skies and see…
It's the genocide, of all humanity  (Ho-lo-cost)
The Cylons nuked the twelve, all to Hell.
What T.F.? F.T.L.!
Anywhere the fleet goes, 
doesn't really matter to me…  To me.

[Spoken:]
Adama: Send them out to the black. Tell 'em we ain't coming back.

Adama… is in command.
His son Lee Apollo's rash,
And he sometimes sports a 'stache.
Starbuck's… bean in some hot water,
But now she's in a latte trouble today.

Adama, Oo-oo-oo-oooo,
You're Olmos the man we need.
If President Roslin puts you in detention,
Carry on, carry on, 'cause you're really hot for teacher.

[Spoken:]
President Laura Roslin: Dr. Baltar! You have to write on the chalkboard, 
"I will not give the Cylons access to the Colonies defense mainframe" 50,000 times!

Baltar, 'Doctor horrible',
Gets distracted by some curves,
This Gaius getting on my nerves.
Marylin Mon-robot, with eternal life.
When she dies she downloads to a Stepford Wife.
Athena… plays Helo too…  (Anywhere the fleet goes)
Sharon had to cry.
Eight balled when they said baby Boomer died.

[Spoken:]
Dr. Gaius Baltar: This world is a mess, and I just need to rule it.

I see a little opera house inside my head.
There were five, dressed in white, or perhaps it was Gandalf?
Galen's gonna go nuts. Who ate all the donuts? Lee?
Lee Apollo! Lee Apollo!
Lee Apollo! Lee Apollo!
Lee Apollo ate them whole.
He's saying "D'oh!" "D'oh!" "D'oh!" "D'oh!" "D'oh!"
Three's just a skin-job, nobody loves her.
Three's just a skin-job, princess warrior.
She drives a Hybrid, a prophecizor!     [Spoken:] Hybrid: 4, 8, 15, 16, 23, 42, end of line.
Hera is, two years old, took a little stroll.
Athena! No! The Six has got a hold. Let her go!
Athena! This vision was foretold. Let her go!
Athena! No need to go loco. Let her go!
Just saying hello. Let her go!
There I let her go.
Hera Hera Hera Hera here I go! Bam! Bang! Bingo!
One! Two! Three! Four! Five! Six! Eight!
Adama Lee Adama Lee Adama Lee married a ho.
You hear that song? I'm a Cylon all along? FRAK me!
FRAK me!
FRAK MEEEEEEEEEEEEE!

[Rockin theme to classic "Battlestar Galacitca" plays]

Will the legend called Earth ever be where we land?
Will we all be forced to repeat "By your command"?
That tears it! Should have voted for Zarek!
Right down the Hatch! He's like Dick Cheney with ethics.

[Spoken:]
Comm. Saul Tigh: Don't blame me, I fixed the election for Roslin.
Joe: Want another Margarita, salt-eye?

Oooo-oooo-oooo, FRAK yeah! FRAK yeah!

[Spoken:]
Comm. Saul Tigh: What'd you say about my eye?! That's Commander! 
Show some respect for the XO!
Joe: More like the KO'ed.
Comm. Saul Tigh: Huh?!
Joe: Here's your whiskey, sir!
Comm. Saul Tigh: That's more like it.

We're all in a quorem,
Anyone can see.
Without resurrection,
Nothing FRAKKIN' matters, to me.

So say we a-all.

[Spoken:] (whispered by all) fraaaaaaak!
 
 

Star Wars Art : Visions

Quando Star Wars estreou em 1977, revolucionou o cinema mundial, transportando os fãs para novas galáxias e apresentando inúmeros personagens tais como, aliens, planetas e naves espaciais. Nas décadas seguintes, a saga Star Wars se tornou um fenômeno impactante na cultura do mundo todo e provavelmente do universo afora também.
Desde o início, a estética visual de Star Wars foi influenciada por artistas de quadrinhos da década de 1930 a 1970, ilustradores famosos Chesley Bonestell, John Berkey, Frank Frazetta, e outros, bem como artistas clássicos.
Star Wars Art: Visions reúne o melhor destes trabalhos juntos pela primeira vez, comemorando mais de 30 anos da saga com uma lista de talentos que trabalham em cada estilo e gênero.
Com trabalhos de artistas renomados como Amano, Allan R. Banks, Harley Brown, Gary Carter, James Christensen, Michael Coleman, Kinuko Craft, Jim Dietz, Phillipe Druillet, Donato Giancola, Ann Hanson, HR Giger, Daniel Greene, Ron Kleeman, Arantzazu Martinez, Syd Mead, Moebius, Paulo Oxborough, Alex Ross, Anthony J. Ryder, Dolfi Stoki, William Stout, Dan Thompson, Julie Bell e Boris Vallejo, Scott Waddell, e Jamie Wyeth.
As obras capturam toda a imaginação, beleza e amplitude dos filmes, séries de televisão, e mais.
Star Wars Art : Visions é simultaneamente uma homenagem aos fãs e uma nova maneira de experimentar e mostrar a galáxia muito, muito distante.













Curta - SIFF 2010

Vídeo de animação com referências cinematográficas, muito legal, confiram ....


SIFF 2010 from Seeso 2d on Vimeo.


Visitantes